Ficha de Informação de Produto Químico

                                                             IDENTIFICAÇÃO                                                           Help
Número ONU Nome do produto Rótulo de risco
2015 PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO
Número de risco
 559
Classe / Subclasse
 5.1
Sinônimos
 PERÓXIDO; ALBONE; SUPEROXOL; ÁGUA OXIGENADA
Aparência
 LÍQUIDO AQUOSO; SEM COLORAÇÃO; ODOR SUAVE; AFUNDA E MISTURA COM ÁGUA; PRODUZ VAPOR IRRITANTE.
Fórmula molecular
 H2 O2 - H2O
Família química
 ÓXIDO
Fabricantes
Para informações atualizadas recomenda-se a consulta às seguintes instituições ou referências:
ABIQUIM - Associação Brasileira da Indústria Química: Fone 0800-118270
ANDEF - Associação Nacional de Defesa Vegetal: Fone (11) 3081-5033
Revista Química e Derivados - Guia geral de produtos químicos, Editora QD: Fone (11) 3826-6899
Programa Agrofit - Ministério da Agricultura
                                                MEDIDAS DE SEGURANÇA                                                 Help
Medidas preventivas imediatas
 EVITAR CONTATO COM O LÍQUIDO E O VAPOR. MANTER AS PESSOAS AFASTADAS. CHAMAR OS BOMBEIROS. PARAR O VAZAMENTO SE POSSÍVEL. ISOLAR E REMOVER O MATERIAL DERRAMADO.
Equipamentos de Proteção Individual (EPI)
 USAR ROUPA DE ENCAPSULAMENTO DE NEOPRENE OU VITON E MÁSCARA DE RESPIRAÇÃO AUTÔNOMA.
                                                          RISCOS AO FOGO                                                         Help
Ações a serem tomadas quando o produto entra em combustão
 NÃO É INFLAMÁVEL. ALAGAR A ÁREA DE VAZAMENTO COM ÁGUA. PODE CAUSAR FOGO E EXPLODIR EM CONTATO COM COMBUSTÍVEIS E METAIS. OS RECIPIENTES PODEM EXPLODIR QUANDO AQUECIDOS.
Comportamento do produto no fogo
 PODE EXPLODIR NO FOGO.
Produtos perigosos da reação de combustão
 NÃO PERTINENTE.
Agentes de extinção que não podem ser usados
 NÃO PERTINENTE.
Limites de inflamabilidade no ar
Limite Superior: NÃO É INFLAMÁVEL
Limite Inferior: NÃO É INFLAMÁVEL
Ponto de fulgor
 NÃO É INFLAMÁVEL (OBS.1)
Temperatura de ignição
 NÃO É INFLAMÁVEL
Taxa de queima
 NÃO É INFLAMÁVEL
Taxa de evaporação (éter=1)
 DADO NÃO DISPONÍVEL
NFPA (National Fire Protection Association)
Perigo de Saúde (Azul): 2
Inflamabilidade (Vermelho): 0
Reatividade (Amarelo): 1

NFPA: (OBS.2)
                                  PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS E AMBIENTAIS                     Help
Peso molecular
 34,01
Ponto de ebulição (°C)
 125
Ponto de fusão (°C)
 -0,89
Temperatura crítica (°C)
 NÃO PERTINENTE
Pressão crítica (atm)
 NÃO PERTINENTE
Densidade relativa do vapor
 NÃO PERTINENTE
Densidade relativa do líquido (ou sólido)
 1,29 A 20 °C (LÍQ.)
Pressão de vapor
 5,22 mmHg A 21,1 °C
Calor latente de vaporização (cal/g)
 301
Calor de combustão (cal/g)
 NÃO PERTINENTE
Viscosidade (cP)
 DADO NÃO DISPONÍVEL
 
Solubilidade na água
 MISCÍVEL
pH
 DND
 
Reatividade química com água
 NÃO REAGE.
Reatividade química com materiais comuns
 SUJEIRA E MUITOS METAIS CAUSAM UMA DECOMPOSIÇÃO RÁPIDA COM LIBERAÇÃO DE GÁS OXIGÊNIO; OCORRE PARTICULARMENTE SE AS CONCENTRAÇÕES ESTÃO ACIMA DE 40% .
Polimerização
 NÃO OCORRE.
Reatividade química com outros materiais
 INCOMPATÍVEL COM MATERIAIS OXIDÁVEIS; FERRO, COBRE, LATÃO, BRONZE, CROMO, ZINCO, CHUMBO, MANGANÊS, PRATA E METAIS CATALÍTICOS.
Degradabilidade
 PRODUTO INORGÂNICO.
Potencial de concentração na cadeia alimentar
 NENHUM.
Demanda bioquímica de oxigênio (DBO)
 NENHUMA.
Neutralização e disposição final
 ACIDIFICAR CUIDADOSAMENTE UMA SOLUÇÃO 3% OU UMA SUSPENSÃO DO MATERIAL ATÉ pH 2 COM ÁCIDO SULFÚRICO. ADICIONAR, GRADUALMENTE, MAIS DE 50% DE BISSULFITO DE SÓDIO AQUOSO, SOB AGITAÇÃO A TEMPERATURA AMBIENTE. UM AUMENTO NA TEMPERATURA INDICA QUE A REAÇÃO ESTÁ OCORRENDO. SE NENHUMA REAÇÃO FOR OBSERVADA NA ADIÇÃO DE APROXIMADAMENTE 10% DE SOLUÇÃO DE BISSULFITO DE SÓDIO, INICIÁ-LA, ADICIONANDO CUIDADOSAMENTE MAIS ÁCIDO. SE O MANGANÊS, CROMO OU MOLIBDÊNIO ESTIVEREM PRESENTES, AJUSTAR O pH DA SOLUÇÃO PARA 7 E TRATAR COM SULFETO ATÉ A PRECIPITAÇÃO, PARA ENTERRAR EM UM ATERRO PARA RESÍDUOS PERIGOSOS. DESTRUIR O EXCESSO DE SULFETO, NEUTRALIZAR E DRENAR A SOLUÇÃO PARA O ESGOTO COM MUITA ÁGUA. RECOMENDA-SE O ACOMPANHAMENTO POR UM ESPECIALISTA DO ÓRGÃO AMBIENTAL.
                                          INFORMAÇÕES ECOTOXICOLÓGICAS                                   Help
Toxicidade - limites e padrões
L.P.O.: NÃO PERTINENTE
P.P.: NÃO ESTABELECIDO
IDLH: 75 ppm
LT: Brasil - Valor Médio 48h: DADO NÃO DISPONÍVEL
LT: Brasil - Valor Teto: DADO NÃO DISPONÍVEL
LT: EUA - TWA: 1 ppm
LT: EUA - STEL: NÃO ESTABELECIDO
Toxicidade ao homem e animais superiores (vertebrados)
M.D.T.: DADO NÃO DISPONÍVEL
M.C.T.: DADO NÃO DISPONÍVEL
Toxicidade: Espécie: RATO
Via Respiração (CL50): (4 h) = 2.000 mg/m³

Via Cutânea (DL 50): 4.060 mg/kg
Toxicidade: Espécie: CAMUNDONGO
Via Respiração (CL50): LCLo = 227 ppm
Toxicidade: Espécie: OUTROS
Toxicidade aos organismos aquáticos: PEIXES : Espécie
 SALMO sp: TÓXICO: > 40 ppm; TEMPO NÃO DETERMINADO - ÁGUA MARINHA
Toxicidade aos organismos aquáticos: CRUSTÁCEOS : Espécie
 
Toxicidade aos organismos aquáticos: ALGAS : Espécie
 
Toxicidade a outros organismos: BACTÉRIAS
 
Toxicidade a outros organismos: MUTAGENICIDADE
 SALMONELLA TYPHIMURIUM: "mmo" = 10 uL/PLACA ;SER HUMANO "dns" = 1 mmol/L (FIBROBLASTO) (OBS. 3)
Toxicidade a outros organismos: OUTROS
 
Informações sobre intoxicação humana
Tipo de contato
 VAPOR
Síndrome tóxica
 IRRITANTE PARA OS OLHOS, NARIZ E GARGANTA. PREJUDICIAL SE INALADO.
Tratamento
 MOVER PARA O AR FRESCO. SE A RESPIRAÇÃO FOR DIFICULTADA OU PARAR, DAR OXIGÊNIO OU FAZER RESPIRAÇÃO ARTIFICIAL.
Tipo de contato
 LÍQUIDO
Síndrome tóxica
 QUEIMARÁ A PELE. QUEIMARÁ OS OLHOS. PREJUDICIAL SE INGERIDO.
Tratamento
 REMOVER ROUPAS E SAPATOS CONTAMINADOS E ENXAGUAR COM MUITA ÁGUA. MANTER AS PÁLPEBRAS ABERTAS E ENXAGUAR COM MUITA ÁGUA.
                                                              DADOS GERAIS                                                        Help
Temperatura e armazenamento
 AMBIENTE.
Ventilação para transporte
 ( OBS.4)
Estabilidade durante o transporte
 GRAUS DE PUREZA SÃO COMPLETAMENTE ESTÁVEIS, MAS A CONTAMINAÇÃO COM METAIS OU SUJEIRA PODE CAUSAR DECOMPOSIÇÃO RÁPIDA OU VIOLENTA.
Usos
 BRANQUEAMENTO E DESODORIZAÇÃO DE TECIDOS; MADEIRA, POLPA; CABELOS, FONTE DE PERÓXIDOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS; INDÚSTRIA DE PAPEL E CELULOSE; ( OBS.5 )
Grau de pureza
 COMERCIAIS: 27.5%, 35%, 50%, 70%, 90% E 98% .
Radioatividade
 NÃO TEM.
Método de coleta
 DADO NÃO DISPONÍVEL.
Código NAS (National Academy of Sciences)
 
FOGO
Fogo: 0
SAÚDE
Vapor Irritante: 2
Líquido/Sólido Irritante: 3
Venenos: 1
POLUIÇÃO DAS ÁGUAS
Toxicidade humana: 1
Toxicidade aquática: 3
Efeito estético: 1
REATIVIDADE
Outros Produtos Químicos: 4
Água: 1
Auto reação: 3
                                                              OBSERVAÇÕES                                                        Help
 1) NÃO INFLAMÁVEL, MAS PODE CAUSAR INCÊNDIO E REAGE VIOLENTAMENTE EM CONTATO COM COMBUSTIVEIS E METAIS. 2) NFPA: OBSERVAÇÃO: OX 3) MUTAGÊNICO: EMBRIAO DE CAMUNDONGO = "cyt" = 10 umol/L 4) VÁLVULA DE ALÍVIO OU PRESSÃO À VÁCUO 5) COMBUSTÍVEL PARA FOGUETES; REAGENTES DE LABORATÓRIO; ANTI-SÉPTICO; EPÓXIDAÇÃO; HIDROXILAÇÃO; OXIDAÇÃO E REDUÇÃO, REFINAÇÃO E LIMPEZA DE METAIS; AGENTE DE BRAQUEAMENTO E OXIDAÇÃO DE ALIMENTOS, AGENTE DE NEUTRALIZAÇÃO NA DESTILAÇÃO DO VINHO,CONTROLE DE VISCOSIDADE DO AMIDO E CELULOSE; DESINFETANTES ,COSMÉTICOS. POTENCIAL DE IONIZAÇÃO (PI) = 10,54 eV
NOVA CONSULTA